quarta-feira, 8 de dezembro de 2021

Caminhos de Caravaggio. Cicloviagem de Farroupilha a Canela, no RS. 02 à 04/12/2021.

 

Aproveitando a viagem para visitar parentes e fazer novamente o passeio de Maria Fumaça em Bento Gonçalves com a família, fui realizar a cicloviagem no Caminhos de Caravaggio. Projeto que tinha desde 2019, quando foi lançado oficialmente o Caminho. Devido a pandemia, só agora foi possível realizá-lo.

Por estar em Bento, saí no dia 02/12/21 bem cedo de bike, pelo Caminho de Pedras (trajeto que conheci em 2016 quando fiz a cicloviagem de Erechim a Bento Gonçalves).



Após 23 km. estava no Santuário de Nossa Senhora do Caravaggio, em Farroupilha, aonde iniciaria a cicloviagem.

Track(roteiro) desse trecho: aqui

Às 08:10h. iniciei efetivamente o Caminho, realizando o trajeto 10, pois estaria fazendo no sentido invertido.                                                                        



Logo após uns 4 km. um trecho muito bonito.                                                                                


O destino do dia seria a Famiglia Pezzi, aonde teria o merecido descanso.

A comida para lanche/almoço quando viajo de bike, sempre é sanduíche, ovos cozidos, água de côco, paçoquinha, banana desidratada, e otras cositas más. Me sinto bem e rendendo melhor no pedal almoçando dessa forma, mesmo aonde tem o opção de um almoço normal (que não é o caso do Caminho).

Mais fotos pelo caminho.





Na Família Pezzi fui muito bem recebido pela Loiva e o Jaime. Conversa agradável no jantar e depois o merecido repouso na casa/pousada que fica separada do prédio do restaurante e, aonde é levado de carro.


Km. do dia: 58,6

Track (roteiro): aqui


03/12/2021

Um bom sono no silêncio absoluto do local e um novo amanhecer com tempo muito bonito.


A filha da Loiva e do Jaime, a Daiane foi buscar-me para o café da manhã. Um ótimo café com direito a sanduíche e ovos cozidos para o percurso do dia. Este seria o dia mais puxado em termos de altimetria acumulada. 

Teria pela frente 2 serras, a de Nova Petrópolis (mais íngrime) e a que fica depois do Rio Caí, um pouco mais suave, mas bem mais longa e em torno de 10 km. Fica na Estrada Arcido Giácomo Dallagnol.

O pouso seria no Seminário de Santa Lúcia do Piaí.






Na passagem na Linha Brasil-Nova Petrópolis, uma parada obrigatória foi as esculturas do Parque Pedras do Silêncio. Um parque privado, que conta a história da imigração germânica.






Após passar a ponte do Pedancino sobre o Rio Caí e começar uma subida longa, a noite foi chegando e a água foi acabando e aquela recepção numa casa no topo da serra, por um jovem fornecendo o líquido precioso, foi o impulso para alcançar o Seminário de São Lucas do Piaí no momento do jantar. Recepção muito boa e conversas com caminhantes que estavam no final da refeição.
Após um bom banho, contato com a família e descanso.

Km. do dia: 65,9
Track (roteiro): aqui 


04/12/2021

Um belo amanhecer foi o motivo principal de vencer a última etapa dessa cicloviagem.





Um bom café, despedida dos caminhantes e sapatilha presa no pedal para iniciar  o final do Caminho.




Ponte do Raposo sobre o Rio Caí (Ponte Major José Nicoletti ).




Parada nesta ponte para o lanche/almoço antes de chegar em Gramado.




Mais um belo trecho por Linha Bonita-Linha Nova antes de chegar em Gramado.




Chegar em Gramado num sábado à tarde não é muito recomendado para cicloviajantes ou ciclistas. Um trânsito intenso e a ligação com Canela (trajeto final) não tem uma ciclovia normal. Tem uma pequena faixa pintada antes do meio-fio, de uns 50 cm., que serve de ciclovia. Tem trechos que some. É bem perigoso.

Mas cheguei bem na Igreja de Nossa Senhora do Caravaggio em Canela, que fica afastada do centro (uns 7 km.) na RS-235, aonde a família estava esperando para retornarmos a Bento Gonçalves.

Agradeço ao Bom Deus, por me dar saúde e energia suficiente para vencer essa empreitada, aos meus 72 anos.

Fica o registro que as minhas cicloviagens partindo ou chegando de Bento Gonçalves, sempre foram contempladas com tempo bom e nenhum furo de pneu. Em 2016 foram 5 dias partindo de Erechim e chegando em Bento e essa, partindo de Bento e chegando em Canela, em 3 dias.

Km. do dia: 67,9

Track (roteiro): aqui


Dados totais da cicloviagem (excluído o trecho de Bento Gonçalves ao Santuário em Farroupilha, que não faz parte do Caminho):

Km.: 192,4

Altimetria máxima: 862 m.

Altimetria mínima: 63 m.

Altimetria acumulada: 4.706 m.



9 comentários:

  1. Parabéns Antônio, foi um. Elo pedal e sinto por não estarmos juntos neste, mas foi um belo pedal acompanhado de belas paisagens.
    Um forte abraço
    Dal Ri
    👏👏👏👍👍👍👍

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Mr Heil!! Um belo pedal e um relato fantástico!! Grande abraço, meu amigo!!

    ResponderExcluir
  3. Parabens meu amigo, mais um agradavel relato, me sinto viajando contigo. Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, Antônio.
    Que região linda, com muita história, igrejinhas lindas e paisagem maravilhosa.Deus te conceda saúde e disposição para continuar suas cicloviagens e nos inspirar a segui lo.

    ResponderExcluir